Logo-2017

Este texto e imagem são de autoria de Laura Leite.

Olá gente! Aqui está a parte II do artigo sobre Saúde Intestinal. Novamente, muito obrigada à Flora e à Jo por me convidarem a contribuir neste site! :) 

Na parte I, revisamos a anatomia e o funcionamento intestinal em linguagem simples, em termos gerais. Também olhamos o intestino como segundo cérebro, e o eixo intestino-cérebro. Vimos uma seleção de estudos que mostram:
- A correlação entre saúde intestinal, sintomas psicológicos, e desequilíbrios psiquiátricos.
- A correlação entre a microbiota intestinal e a predisposição à obesidade e disfunção metabólica.
- O impacto do glúten no cérebro, e como este pode manifestar diminuição da memória, depressão, bem como sintomas digestivos.
- O quão próximo o intestino está ligado à nossa imunidade.
- A importância de evacuar regularmente. 

Também começamos a compreender a natureza do impacto de duas doenças intestinais muito relevantes, que têm aumentado em incidência atualmente: SBID (Supercrescimento Bacteriano no Intestino Delgado) e Permeabilidade Intestinal. Listamos estudos que demonstram como o álcool, mesmo quando é consumido com moderação, pode ser um importante fator de risco para ambas as doenças.

Trazendo todo o cenário do primeiro artigo para o nível prático, vamos:
- Manter em vista o sistema imunológico, o nervo vago, e o eixo intestino-cérebro.
- Tentar clarear o entendimento de que níveis de stress, emoções, descanso, movimento, dieta e digestão, formam um mecanismo indivisível.
- Convidar o leitor a tomar distância e olhar pela perspectiva de nossos ancestrais, como viviam, se comportavam, consumiam alimentos, antes de a civilização começar a manifestar as doenças que há hoje.


Carregar mais