Bg_site_br

1

Quiche de abóbora com coco pra dar uma graça no cotidiano

23/09/2016 - 1 Comentários - Receitas | Abóbora, Cebola, Coco, Óleo de oliva, Vegano

Aquela velha e boa receita de quiche feita com farinha de trigo integral e azeite de oliva é um coringa para os almoços aqui em casa, que sempre resulta em barriga feliz.
A gente fica fadado ao sucesso: é rápida de preparar, tem casquinha crocante e recheio cremoso, é prática para servir (pode ser feita com antecedência, congelada, reaquecida), e junto com uma salada farta alimenta muito bem.

Daí, olhando os ingredientes à mão, resolvi dar uma abrasileirada no recheio trocando o clássico creme de queijo e ovos por (tcham tcham tcham) abóbora com coco. Rapaz, que coisa mais boa!

Quando fui convidada para participar da campanha #FoodLovers da Filippo Berio, a Kara me perguntou por receitas que contassem um pouco ao mundo como que a gente incorpora o azeite de oliva em receitas e ingredientes que são muito nossos. Penso que junta-lo a cebola, abóbora e coco é um jeito ;)

Vem cá, que em uma hora a gente deixa pronto o almoço de amanhã!

Para ver como abrir um coco fresco rapidinho e sem confusão, é só checar este post aqui.
Em seguida, preparo a massa conforme este post. Resumidamente, é o seguinte:
- 2 xícaras de farinha de trigo integral
- 1 colher de chá de sal
- 1/4 xícara de azeite de oliva
- 1/2 xícara de água gelada
(Medidas aqui.)

Em uma tigelinha misturo bem os ingredientes líquidos, e uma tigela maior misturo os secos. Junto uma coisa com a outra, mexendo com um garfo até formar uma farofa grossa. Em seguida, com as mãos, misturo para formar uma bola com a massa. Cubro a tigela com plástico, e levo a massa à geladeira para descansar enquanto preparo o recheio, que é a estrela deste post.

- 1 cebola média
- 1 xícara de coco fresco ralado (ou melhor ainda: cortado em pedacinhos pequenos)
- 2 xícaras de abóbora* crua ralada grosso
- Azeite de oliva o quanto baste para refogar
- Sal, pimenta vermelha e pimenta preta moídas à gosto
- Um punhado de erva fresca picada (pode ser salsinha, cebolinha, orégano, manjericão, coentro...)

* Prefiro usar abóbora cabotiá ou de pescoço, que são mais saborosas, mas abobrinha verde (também chamam de abobrinha italiana) ou abobrinha branca (que também chamam de abobrinha brasileira) funcionam bem. Só não recomendo usar nesta receita abóbora seca, porque fica sem graça. A abóbora seca é um tipo que tem o gosto muito suave, aguado mesmo. 

Como gosto de comida com textura, pedaço, corto a cebola em pedaços meio grandes, em tiras. Corte a sua como de costume.
Aqueço umas três colheres de sopa de azeite de oliva em uma panela média de boca larga, coloco lá a cebola e deixo no fogo baixo, com tampa, até que fique transparente.
Adiciono a abóbora e aumento o fogo, mexendo constantemente. Ponho as pimentas, o sal, e quando a abóbora ficar macia, junto o coco e a cebolinha (ou outra erva que esteja usando), e apago o fogo.
Há quem prefira que o recheio seja um purê homogêneo. Neste caso, basta passa-lo no liquidificador antes de acrescentar o coco e a erva.

Ligo o forno a 180oC para preaquecer, abro a massa e forro a forma de quiche.
Eu amo a forma de fundo removível que herdei da minha avó, acho que pra essa receita não há nada melhor! É porque fica fácil de servir depois, sabe? O diâmetro dela é 28cm, dá certinho com as quantidades que estou preparando aqui.

Levo a massa a assar por 15 minutos, tiro do forno e acrescento o recheio, e coloco novamente no forno por 15 minutos, para que a massa termine de assar e o recheio seque um pouco.
Pronto! Agora é só tirar da forma e servir. (Ou esperar esfriar, embalar em plástico e congelar). Também é uma ótima opção para levar na marmita.

Na minha opinião, esta quantidade serve 3 ou 4 porções.

Me conte, como você usa o azeite de oliva de um jeitinho fora do comum?
Qual é o coringa do seu menu semanal?
Me diz aqui nos comentários, na página do facebook, marca #blogflorarefosco pra eu te ver no insta. & me diga: o que é que você mais gosta de ver por aqui?

xo
Flora

22/11/2016 13:38:43

irene

Comentário
gosto de receitas praticas.

Resposta da Flora
somos duas, Irene! obrigada por deixar seu comentário, volta sempre :)

Deixar um Comentário